segunda-feira, 30 de abril de 2018

O perigo do nitrogênio líquido – congelamento, asfixia, explosão e morte.

out 5, 2017
aviso sob líquido sendo derramado
Tenho visto que no YouTube existem diversos experimentos muito interessantes feitos com nitrogênio líquido. Só que em diversas destas demonstrações existe um grande perigo na tentativa de repetição do experimento por um leigo ou até mesmo por um expert desastrado. Ninguém está livre de cometer erros, nem mesmo os especialistas e conhecedores do perigo. E neste caso o erro pode ser fatal.


O nitrogênio tem uma temperatura de ebulição de −195.79 °C. Então o nitrogênio liquefeito está certamente em uma temperatura abaixo disso. E ao ser deixado em temperatura ambiente ele vai começar rapidamente a passar para a fase gasosa.

Os perigos

1 – Perigo de ‘queimadura’ por congelamento
Se o nitrogênio líquido ficar em contato direto com a pele, mesmo que por apenas alguns segundos, o frio extremo do material vai causar o congelamento da pele ou qualquer outra região do corpo que entrar em contato – o principal perigo é algum contato com os olhos. A roupa também pode represar o nitrogênio líquido e deixá-lo em contato com a pele tempo suficiente para que cause ferimentos graves.
2 – O nitrogênio pode causar morte por asfixia (falta de ar)
A atmosfera que respiramos é composta de 78,08% de nitrogênio, 20,94% de oxigênio, 0,93% de argônio, 0,04% de gás carbônico; e mais uma variedade de outros gases [os valores estão em porcentagem volumétrica]. E precisamos destes 20,94% de oxigênio para conseguirmos respirar.
Se liberarmos muito nitrogênio líquido em um ambiente, a passagem do líquido para a fase gasosa vai diminuir a proporção de oxigênio no ar. Dependendo da gravidade da situação a perda de consciência pode ser rápida e mortal.
Uma situação perigosa deste tipo ocorreu em uma festa de promoção de uma bebida na cidade de Leon no México. Alguém resolveu derramar nitrogênio líquido dentro de uma piscina, talvez para obter um efeito semelhante ao tradicional gelo seco. O problema foi que a grande quantidade de nitrogênio derramado gerou uma nuvem de gás com pouca quantidade de oxigênio. Resultando em 9 pessoas hospitalizadas, sendo um em coma – o qual se recuperou após alguns dias internado. [Veja mais detalhes disto em http://www.businessinsider.com/jgermeister-pool-party-in-mexico-turns-poisonous-2013-6 ].
Outro acidente ocorreu na Inglaterra quando James Graham, de 51 anos, foi realizar um procedimento em um local de estocagem de nitrogênio líquido. Uma série de erros de segurança acabou resultando na morte de Graham por asfixia. [Veja mais detalhes em http://news.bbc.co.uk/2/hi/uk_news/scotland/798925.stm ]
3 – Rompimento do estômago e vias aéreas se ingerido acidentalmente
Uma pequena quantidade de nitrogênio líquido, mesmo algo como 30mL, irá gerar rapidamente vários litros de gás. Se o nitrogênio for ingerido a rápida expansão do material vai causar o rompimento do estômago.
Em 4 outubro de 2012 a jovem de 18 anos Gaby Scanlon ingeriu um drinque contendo nitrogênio líquido, o que causou uma perfuração do seu estômago – tendo então que passar por uma cirurgia para remoção de parte do órgão. [Mais detalhes em https://en.wikipedia.org/wiki/Liquid_nitrogen_cocktail#Lancaster_incident ]
4 – Perigo de explosão se deixado em recipiente fechado
Pelo mesmo motivo da rápida expansão ao passar de líquido para gás, o nitrogênio pode causar aumento perigoso de pressão se deixado dentro de algum recipiente que não permita alívio desta pressão excedente.
Em 2009, na Alemanha, um chef de cozinha treinava técnicas culinárias utilizando nitrogênio líquido para refrigerar alimentos. Um descuido gerou uma explosão que causou a amputação de uma das suas mãos. [Veja mais detalhes em http://www.telegraph.co.uk/news/worldnews/europe/germany/5821433/German-Heston-Blumenthal-blows-off-both-hands-in-liquid-nitrogen-kitchen-accident.html ]
5 – Condensação do oxigênio do ar com aumento de inflamabilidade
O nitrogênio líquido é frio o suficiente para poder causar a liquefação do oxigênio atmosférico. O oxigênio líquido formado pode aumentar o risco de combustão de algum composto mais inflamável que esteja nas proximidades do experimento [risco sugerido por Léo Corradini]
Dado o alerta. Não estou criticando quem faz experimentos com nitrogênio líquido tomando todos os cuidados e precauções. Não sou um estraga prazer. Apenas alertando que pode ser mais perigoso do que inicialmente parece.
Texto escrito por Prof. Dr. Luís Roberto Brudna Holzle ( luisbrudna@gmail.com ).

terça-feira, 20 de março de 2018

15 anos.


Segue uma singela e pequena homenagem:
Nossa, como o tempo passou
Ontem uma garotinha
Agora uma linda moça de 15 anos!
Tenho certeza de que todos à sua
Volta estão orgulhosos de você
E a amam muito,
Pois é uma garota especial,
Alegre, carinhosa, amável.
Que a Luz de Deus venha até você
Ilumine os seus caminhos e
Encha você de graças,
Alegrando mais ainda este dia especial,
O seu aniversário!
De seu pai, mãe e irmã.





quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

Guerra civil na Síria.




Tanque do exército sírio posicionado no subúrbio de Damasco, em batalha de setembro de 2013 contra os rebeldes *
Por Daniel Neves Silva

A guerra civil na Síria acontece desde 2011 e é considerada um dos grandes desastres humanitários dos últimos anos. Foi responsável por cerca de 470 mil mortes segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos e levou mais de 11 milhões de pessoas a sair de suas casas (refugiados).
Causas da guerra
A guerra civil na Síria é um desdobramento dos protestos que aconteceram no país a partir da Primavera Árabe, que chegou à Síria em janeiro de 2011. O país do Oriente Médio é governado de maneira ditatorial por Bashar al-Assad desde 2000 e pela família al-Assad desde a década de 1970. Os protestos na Síria contra o governo de Bashar al-Assad foram motivados pela onda de protestos que se espalhou pelos países árabes a partir de 2010.
Os protestos pediam reformas no governo e que houvesse mais democracia, instituição do pluripartidarismo, mais empregos, melhores condições de vida etc. Os primeiros protestos concentraram-se nas cidades de Deraa e na capital, Damasco. Como a repressão do governo de Bashar al-Assad foi violenta, os protestos espalharam-se por todo o país, inclusive pela maior cidade da Síria, Aleppo.
A guerra começou quando os grupos que atuavam nos protestos juntaram-se aos militares desertores e formaram milícias armadas. Essas milícias armadas tinham como objetivo revidar a violência do governo e expulsar as tropas do exército sírio de suas cidades. A resposta de Bashar al-Assad foi impor mais repressão e, assim, a violência espalhou-se por todo o país.
Guerra civil na Síria
A guerra civil na Síria mobilizou inicialmente a oposição representada pelo Exército Livre da Síria (ELS) contra as tropas do governo sírio. O ELS surgiu a partir da mobilização de civis durante os protestos da Primavera Árabe. Ao se juntar com militares desertores, formaram esse grupo armado que se oficializou em julho de 2011. O ELS é considerado como um grupo de origem secular, ou seja, que não está vinculado a nenhuma tendência religiosa. Representa a ala moderada da oposição.
À medida que o conflitou avançou, outros grupos rebeldes foram surgindo, mas de orientação extremista. O maior desses grupos rebeldes extremistas é a Frente Fateh al-Sham (antiga Frente Al-Nusra), de orientação sunita. Esse grupo, até julho de 2016, era o braço armado da Al-Qaeda na Síria. A desvinculação da Frente Fateh al-Sham da Al-Qaeda, até onde se sabe, aconteceu pacificamente.
A partir de 2014, aproveitando-se da fragilidade da Síria, o antigo braço iraquiano da Al-Qaeda, conhecido como Estado Islâmico, invadiu a Síria e conquistou parte do território. A atuação do Estado Islâmico levou à fundação de um califado na região. O califado é uma espécie de reino islâmico que impõe a sharia (lei islâmica). O Estado Islâmico busca a autonomia total sobre a Síria, portanto, luta contra todos os grupos beligerantes.
A violência trazida pelo Estado Islâmico levou os curdos sírios a se mobilizar em autodefesa. Assim, surgiu a Unidade de Proteção Popular do Curdistão Sírio. A YPG (na sigla em curdo) pertence ao Curdistão Sírio, área do Norte e Nordeste da Síria que está sob controle dos curdos. A YPG também garante a defesa dos curdos sírios do ataque de tropas da Turquia.
Mobilização estrangeira
A mobilização estrangeira na guerra da Síria acontece de maneira direta e indireta, pois vários países apoiam distintos grupos. A mobilização americana, a princípio, ocorreu contra o Estado Islâmico. Nesse momento, os Estados Unidos bombardeavam posições controladas pelo grupo extremista para enfraquecê-lo. Hoje, os Estados Unidos também apoiam grupos rebeldes, como o Exército Livre da Síria e a Unidade de Proteção Popular.
A Rússia, por sua vez, garante apoio ao governo de Bashar al-Assad e, até o momento, que a Síria não sofra sanções internacionais. Além disso, a Rússia aderiu ao conflito a partir de 2015 para reforçar a luta do governo sírio contra o Estado Islâmico e contra os rebeldes. O Irã também apoia o governo sírio, principalmente para evitar que milícias sunitas assumam o poder na Síria. O Irã envia tropas, armas e dinheiro para Bashar al-Assad.
Conclusão
A guerra civil na Síria segue com grande indefinição. O território sírio hoje se encontra fragmentado entre os vários grupos existentes, talvez com leve superioridade do Estado Islâmico. Entretanto, o enfraquecimento recente do Estado Islâmico é consequência direta do aumento de apoio aos grupos rebeldes e ao governo sírio. O conflito matou quase meio milhão de pessoas e fez com que cinco milhões de pessoas fugissem da Síria. Até o momento, as perspectivas para o fim do conflito são nebulosas.
*Créditos da imagem: Art Production e Shutterstock





quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

Coreia do Norte concorda em enviar atletas a Jogos de inverno na Coreia do Sul.

Países se reuniram pela primeira vez em dois anos, depois de uma etapa de fortes tensões




O perigo do nitrogênio líquido – congelamento, asfixia, explosão e morte.

out 5, 2017 Tenho visto que no YouTube existem diversos experimentos muito interessantes feitos com nitrogênio líquido . Só que em di...